sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

BBBem motocado

Deu vontade de postar cara... E acho que aqui na minha escuridão varandesca é o melhor lugar pra fazê-lo. Enquanto passa o BBB, estou escutando um hard rock que me parece um rush, ou led zeppelin sendo tocado num palco aqui próximo. Está ocorrendo um encontro de motoqueiros fuderosos bem aqui perto de casa; eles estão com suas motos tunadas, vestidos de coletes pretos e com aquelas caras de machões. Para isso foi montado um palco, nele cada legião, gangue, seja lá o que for de motoqueiros estão tocando um som (fui ontem dar uma olhadinha)... Enfim é de que lá vem esse som do hard rock que escuto agora (:

Mudando de assunto...

É, começou mais um "BBBem difícil não assistir" e apesar de sabermos que vão sempre acontecer as mesmas coisas das 10 edições anteriores, insistimos em vê-lo, ficamos até ansiosos pra o início desse programa... Uma razão para isso foi dita pelo grande filósofo Rafael Velôzo (séc XXI)... "Os seres humanos são seres muito abrangentes, por isso suas vidas são levadas por meio de regras, regras essas muitas vezes violadas. Porém existem tipos de regras impossíveis de serem violadas que são as classificadas como naturais do ser humano, como por exemplo o anseio humano por saber da vida alheia, vulgo fofocas."

Outra razão é a de estarmos inseridos cada vez mais num mundo virtual, em que até os principais sites de notícias só falam nisso! É incrível como um programa de televisão com apenas quatro dias de exibição consegue tamanha repercussão. Só para ilustrar... Hoje estamos vivendo o maior desastre natural já registrado em terras tipiniquins; estamos recebendo a artista mais aclamada e polêmica dos últimos anos; além de ser final de novela, hoje se foi o último capitulo da novela das nove. Por que falei isso tudo? Porque agora fui na home da globo.com, e vi ocupar a primeira posição das notícias mais lidas a notícia de um cara do BBB desconfiando que Ariadna é transexual! MEU DEUS!

Acho que precisamos viver mais um renascimento cultural, em que coisas boas caídas no esquecimento voltem para ocupar os locais dos BBB's das nossas vidas. É acabei tendo uma ataque de raivinha com isso, acho que vou me balançar mais um pouco na minha singela rede, escutar um blues e comer uma pizza fria, é o melhor que eu faço. Talvez esse texto tenha ficado meio confuso... Se minha professora de redação tivesse lido ia dizer que estaria bem desconecto, mas enfim, como eu disse no começo, deu vontade de escrever. Boa noite



Agora no motoca festival toca um Raulzito básco ;)